01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

arquivo da categoria: [listas]

filmes em 2012

2012 acaba e, por imensos motivos, não vi metade dos filmes que queria ver. no entanto, até consegui ver 78 filmes (42 filmes numa sala de cinema e 36 em casa) e umas quantas curtas em festivais no outro lado do atlântico; a lista deste ano, vale o que vale mas destaco a super-longa, quase épica, de gonçalo tocha naquela aventura pela ilha do corvo.

[melhores filmes vistos em 2012]
1. é na terra não é na lua ~ gonçalo tocha, 2011 *****
2. tabu ~ miguel gomes, 2012 *****
3. amour ~ michael haneke, 2012 *****
4. pietà ~ kim ki duk, 2012 *****
5. moonrise kingdom ~ wes anderson, 2012 *****
6. beasts of the southern wild ~ benh zeitlin, 2012 *****
7. de rouille et d’os ~ jacques audiard, 2012 *****
8. holy motors ~ léos carax, 2012 *****
9. tyrannosaur ~ paddy considine, 2011 *****
10. argo ~ ben affleck, 2012 ****

[melhores filmes, obrigatórios, vistos pela 1ª vez]
1. sangue do meu sangue – joão canijo, 2011 *****
2. touch of evil ~ orson welles, 1958 *****

[piores filmes vistos em 2012]
1. florbela ~ vicente alves do ó, 2012 º
2. keep the lights on ~ ira sachs, 2012 *
3. 2 days in new york ~ julie delpy, 2012 **

[outros destaques]
looper (rian johnson, 2012) foi um inteligente filme de ficção científica que morreu a poucos minutos do fim; prometheus (ridley scott, 2012) foi a ficção científica mainstreamn que proporcionou uma das melhores personagens do ano interpretada pelo todo poderoso michael fassbender; e the dark knight rises (christopher nolan, 2012) encerrou fastidiosamente a aventura de bruce wayne.

séries para televisão em 2012

[drama]

1. mad men (amc), temporada 5
2. game of thrones (hbo), temporadas 1 & 2
3. the walking dead (amc), temporadas 2 & 3

[comédia]
1. girls (hbo), temporada 1
2. two broke girls (cbs), temporadas 1 & 2
3. happy endings (abc), temporadas 2 & 3

música em 2012

a mixtape dos 30 melhores albuns de 2012 seria mais ou menos assim:

lado a {60 min/download zip file / ouvir em 8tracks}
1. beach house, bloom
2. perfume genius, put your back n 2 it
3. grizzly bear, shields
4. tame impala, loners
5. orcas, orcas
6. andrew bird, break it yourself
7. jessie warw, devotion
8. twin shadow, confess
9. cat power, sun
10. dirty projector, swing to magellan
11. david byrne & st. vicent, love this giant
12. fanfarlo, rooms filled with light
13. julia holter, ekstasis
14. dum dum girls, end of daze
15. phèdre, phèdre

lado b {60 min/download zip file /ouvir em 8tracks}
1. frank ocean, channel orange
2. chromatics, kill for love
3. nicolas jaar, priem
4. mathhew dear, beams
5. chairlift, something
6. andy stott, luxury problems
7. grimes, visions
8. purity ring, shrines
9. jonh talabot, fin
10. air, le voyage dans la lune
11. flying lotus, until the quiet comes
12. porcelain raft, strange weaken
13. hot chip, in our heads
14. ariel pin’s haunted graffiti, mature themes
15. alt.j, an awesome wave

FILMES EM 2011

ano atípico, marcado pela minha mudança de morada: 72 filmes no cinema, 54 em casa. apesar de algumas péssimas estreias nas salas de cinema, o ano foi salvo pela descoberta de alguns clássicos no ecran de 13 polegadas que me acompanha e quase ter completado a filmografia de hitchcock.

[melhores filmes vistos em 2011 numa sala de cinema]
1. shame ~ steve mcqueen, 2011 *****
2. the tree of life ~ terrence malick, 2011 *****
3. black swan ~ darren aronofsky, 2010 *****
4. restless ~ gus van sant, 2011 *****
5. loong boonmee raleuk chat ~ apichatpong weerasethakul, 2010 *****
6. animal kingdom ~ david michôd, 2010 *****
7. drive ~ nicolas winding refn, 2011 *****
8. essential killing ~ jerzy skolimowski, 2010 ****
9. midnight in paris ~ woody allen, 2011 ****
10. melancholia ~ lars von trier, 2011 ****

[melhores filmes, ditos clássicos, vistos pela 1ª vez]
1. a place in the sun ~ george stevens, 1951 *****
2. imitation of life ~ douglas sirk, 1959 *****
3. the lady from shanghai ~ orson welles, 1948 *****
4. days of heaven ~ terrence malick, 1978 *****
5. cat on a hot tin roof ~ richard brooks, 1958 ****

[outros destaques]
super 8 (jj abrams, 2011) foi o melhor blockbuster do ano, les petits mouchoirs (guillame canet, 2011) a minha comédia de verão e my week with marilyn (simon curtis, 2011) confirmou porque gosto tanto da michelle williams.

SÉRIES PARA TELEVISÃO EM 2011

[drama]

este ano, com madmen na gaveta, não houve nenhuma série que me fizesse ver um episódio sem intervalos.

american horror story (fx), temporada 1
mais do que uma história de terror cheia de fantasmas e mortes violentas, é a luta entre insanidade e fragilidade humana, nos seus medos e preversidades, que faz com que se queira ver toda a temporada num fim de semana. constance langdon (jessica lange) é a melhor personagem de ryan murphy desde james (jacqueline bisset) em nip/tuck.

the walking dead (amc), temporadas 1 e 2
horror pós-apocaliptico que emerge da recriação da temática zombie, traduzindo-se numa eficaz exploração das relações interpessoais num ambiente hostil e sem esperança. uma primeira temporada que demorou a aquecer e uma segunda temporada que vai a metade, mas que surpreende a cada episódio.

breaking bad (amc), temporadas 1,2, 3 e 4
série, suficientemente politicamente incorrecta de como um homem com cancro preso no sistema de saúde norte americano encontra na droga o financiamento para um tratamento oncológico milionário.

dexter (showtime), temporada 6
depois de seis episódios brilhantes explorando religião/moral, fé/desesperança, luz/escuridão, dexter descarrila na ida ao nebraska, no serial killer esquizofrénico e no amor incestuoso, que servirá de partida para a próxima temporada.

true blood (hbo), temporada 4
“what?, now i have to deal with witches?” – sookie stackhouse continua a sua caminhada, sem identidade, tal como a série. o brilho da primeira temporada extinguiu-se, sobrevivendo de enredos secundários e reciclagem de mitos.

 

[comédia]

happy endings (abc), temporadas 1 e 2
um grupo de amigos junta-se num café, na berma da rua, numa loja ou num apartamento qualquer e aí começa mais um episódio com menos de 25 minutos de puro entretenimento. versão menor dos míticos “friends”, com personagens estupidificadas em argumentos superficiais abordando temas fúteis. já não me ria tanto desde ‘scrubs’.

community (nbc), temporada 3
é talvez a série que mais arrisca na televisão, quer nos conteúdos através de personagens socialmente excluídas, conflitos culturais e exploração racial, quer no formato oscilando entre a comédia clássica, o mockumentary, o remake de filmes de culto, o musical e o stop motion. ocupa o humor deixado por ‘arrested development’ e, tal como esta, arrisca-se a ser cancelada num futuro próximo.

LIVROS EM 2011

não li nada de quem ganhou o nobel nos últimos 5 anos, nem sei o que vendem as livrarias nos dias de hoje. na minha mesa de cabeceira estiveram mais do que uma vez:

1. se as coisas não fossem o que são ~ helder moura pereira
2. a sintaxe das lágrimas ~ josé tolendino de mendonça
3. nove contos ~ j. d. salinger
4. os cantos, a tragédia de uma família açoriana ~ maria filomena mónica
5. black hole ~ charles burns

MÚSICA EM 2011

a mixtape dos 24 melhores albuns de 2011 seria mais ou menos assim:

lado a {60min/download zip file / ouvir em 8tracks}
1. the antlers – burst apart
2. destroyer – kaputt
3. bon iver – bon iver
4. fleet foxes –  helplessness blues
5. girls – father, son, holy ghost
6. wild beasts – smother
7. feist – metals
8. pj harvey – let england shake
9. real estate – days
10. young man – ideas of distance
11. kurt vile – smoke ring for my halo
12. st vincent – cruel

lado b {56 min/download zip file /ouvir em 8tracks}
1. m83 – hurry up, we’re dreaming
2. washed out – within and without
3. junior boys – it’s all true
4. nicolas jaar – space is only noise
5. james blake – james blake
6. toro y moi – underneath the pine
7. gang gang dance – eye contact
8. atlas sound – parallax
9. metronomy – the english riviera
10. john maus – we must become the pitiless censors of ourselves
11. battles – gloss drop
12. braids – native speaker

{e outros que tal, por ordem alearótia: youth lagoon, the pain of being pure at heart, dirty beaches, cass mcombs, julian lynch, julianne barwick, bill callahan, the caretaker, panda bear, cut copy, oneohtrix point never, the horrorsm active child, lykke li, caged animals, the juan maclean, i break horses, pallers, twin sister, the weekend, jamie woon, smith westerns, beirut, tv on the radio, austra, boyfriend, planningtorock, the field, cults…}

FILMES EM 2010

ano razoável, marcado pela aberrante distribuição de estreias no país. dos 150 filmes (34 no cinema, 116 em casa) vistos este ano, as listas que se seguem apenas reflectem o meu gosto pessoal, totalmente duvidoso e sem pretensões a nada, pois claro…

[dos melhores filmes estreados em 2010 em portugal]

1. io sono l’amore ~ luca guadagnino, 2009 *****
2. a single man ~ tom ford, 2009 *****
3. kynodontas ~ giorgos lanthimos, 2009 *****
4. greenberg ~ noah baumbach, 2009 ****
5. copie conforme ~ abbas kiarostami 2010 ****
6. fish tank ~ andrea arnold, 2009 ****
7. the bad lieutenant: port of call new orleans, 2009 ~ wener herzog ****
8. the ghost writter ~ roman polanski, 2009 ****
9. lola ~ brillante mendoza, 2009 ****
10. antichrist ~ lars von trier, 2009 ****

[dos filmes vistos em dvd que deveriam ter estreado em portugal]

1. fantastic mr. fox ~ wes anderson, 2009 *****
2. the killer inside me ~ michael winterbottom, 2010 ****
3. les amours imaginaires ~ xavier dolan, 2009 ****
4. enter the void ~ gaspar noé, 2009 ****
5. singularidades de uma rapariga loura ~ manoel de oliveira, 2009 ****

[dos filmes, ditos clássicos, vistos pela 1ª vez]

1. hud ~ martin ritt, 1963 *****
2. who’s afraid of virginia woolf ~ mike nichols, 1966 *****
3. letyat zhuravl (the cranes are flying) ~ mikhail kalatozov, 1957 *****
4. orfeu negro ~ marcel camus, 1959 ****
5. the night of the hunter ~ charles laugthon, 1955 ****

[dos piores filmes vistos em 2010]

1. contraluz ~ fernando fragata, 2010 º
2. the imaginarium of doctor parnassus ~ terry gilliam, 2009 *
3. did you hear about the morgans? ~ marc lawrence, 2009 *
4. i love you, philip morris ~ glenn ficarra & john requa, 2009 *
5. precious ~ lee daniels, 2009 **

SÉRIES PARA TELEVISÃO EM 2010

[drama]
1. madmen, amc
2. lost, abc
3. dexter, showtime
4. big love, hbo
5. true blood, hbo

[comédia]
1. misfits, e4
2. the big c, showtime
3. hung, hbo

MÚSICA EM 2010

a mixtape dos 24 melhores albuns de 2010 (ficando outros tantos de fora e claro, tal como todas as listas, discutíveis) seria mais ou menos assim:

lado a {60min/download zip file}
1. teen dream ~ beach house
2. all delighted people / the age of adz ~ sufjan stevens
3. have one on me ~ joanna newson
4. mines ~ menomena
5. the suburbs ~ arcade fire
6. forget ~ twin shadow
7. queen of denmark ~ john grant
8. learning ~ perfume genius
9. all we grow ~ s. carey
10. forgiveness rock record ~ broken social scene
11. the wild hunt/sometimes the blues is just a past ~ tallest man on earth
12. broken bells ~ broken bells

lado b {55 min/download zip file}
1. this is happening ~ lcd soundsystem
2. innerspeaker ~ tame impala
3. treats ~ sleigh bells
4. swim ~ caribou
5. halcyon digest ~ deerhunter
6. false priest ~ of montreal
7. klaevierwerke ~ james blake
8. go ~ jonsi
9. not in love ~ crystal castles
10. one life stand ~ hot chip
11. cosmograma ~ flying lotus
12. white magic ~ ceo

« Anteriores §