01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

PAUSA*

sentado, bebo sozinho,
indiferente ao crepúsculo.
as flores caídas
acumulam-se nas dobras
de minha túnica.
bêbado me levanto
e procuro a lua nas águas.
os pássaros já se foram todos.
são raros os passantes.

li bai
in poemas clássicos chineses, L & PM

 

[*voltarei daqui a uns meses]

« § »