01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

arquivo do mês: [09, 2011]

filmes vistos em setembro

>> no cinema
drive ~ nicolas winding refn, 2011 *****
attack the block ~ joe cornish, 2011 ****
contagion ~ steven soderbergh, 2011 **

sonhador

horizontes extinguem-se pelo mundo fora
pessoas matam-se pelo mundo fora
anjos cantam pelo mundo fora

my lobe, vamos voar juntos pelo mundo fora
my lobe, vamos voar juntos pelo mundo fora
my lobe, vamos voar juntos pelo mundo fora

eles chamam-me sonhador,
porque não te têm.

[versão livre de believer ~ john maus]

fluxo

beija-me gentilmente,
recolhe as minhas pérolas de adrenalina
e acarinha-las com a tua saliva:

cospe o teu medo.
engole a minha vida.

[versão livre de moon ~ bjork, 2011]

regresso ao futuro

já estou há um mês deste lado do mundo e este aberrante fuso horário faz-me sentir como se estivesse numa viagem a regressar ao futuro:

– esse parece imutável e é a nostalgia pelo passado que se impõe como a grande viagem.

cool as ice

Drive had me from its near wordless opening, which, just through crisp staging and superb editing, told us everything we need to know — about what’s going on and what the stakes are. There is, then, video-game-arcade electro-pop and a title sequence done up neon-pink that says ‘Dear Michael Mann, this is for you. Love, 1985.

Wesley Morris-Boston Globe

[drive ~ nicolas winding refn, 2011]

[drive ~ nicolas winding refn, 2011]


[drive ~ nicolas winding refn, 2011]

identidade

[wilfred, episódio 13 – temporada 1]

para sempre

sente o meu beijo
ou nunca será suficiente

as visões perdem-se
em corações irremediavelmente mortos
e os gritos silenciam-se
numa língua que não te segue

sente o meu corpo
antes que as luzes se apaguem.

[versão livre de fail forever ~ when saints go machines]

solidão

cruzámos nossos olhos em alguma esquina
demos civicamente os bons dias:
chamar-nos-ão vais ver contemporâneos

ruy belo, epígrafe para a nossa solidão

« Anteriores §