01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

suspiro tardio

promete-me que amanhã virá a lua
e que, na imensidão da noite iluminada,
cantaremos o mar um para o outro.

promete-me que no fim terei existido.

pág. 30, um mover de mão
vasco gato

« § »