01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

saramago [2]

O grande problema com o furor que provocaram estes comentários de José Saramago sobre a Bíblia (mais precisamente sobre o ‘Antigo Testamento’) é que não devia ter existido furor algum. Saramago não disse mais do que se dizia nas folhas anticlericais do século XIX ou nas tabernas republicanas no tempo de Afonso Costa. São ideias de trolha ou de tipógrafo semianalfabeto, ora zangado com os padres por razões de política e de inveja. Já não vêm a propósito. Mas claro que Saramago tem 80 e tal anos, coisa que não costuma acompanhar uma cabeça clara, e que, ainda por cima, não estudou o que devia estudar, muito provavelmente contra a vontade dele. Mas, se há desculpa para Saramago, não há desculpa para o país, que resolveu escandalizar-se inutilmente com meia dúzia de patetices.

– vasco pulido valente, 23out09 público.

« § »