01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

arquivo do mês: [08, 2009]

Filmes vistos em Agosto

>> em casa

Gake no ue no ponyo ~hayao miyazaki, 2008 ****

white dog ~ samuel fuller, 1982 *****

the soloist ~ joe wright, 2009 ***

aquele querido mês de agosto ~ miguel gomes, 2008 ****

on the town ~ stanley donen & gene kelly, 1949 ****

gerry ~ gus van sant, 2002 ****

>> no cinema

the ugly truth ~ robert luketic, 2009 ***

up ~ pete docter & bob peterson, 2009 ****

public enemies ~michael mann, 2009 ***

the proposal ~ anne fletcher, 2009 ***

inglourious basterds ~ quentin tarantino, 2009 *****

‘gusto’

quando sorris e os teus lábios me tocam.
de barrigas cheias, enchemos os pulmões
de prazer.

darling, não te deixes enganar pelo luar.

basta-me o teu sabor a dançar
nos meus lábios.

[versão livre de We Still Got the Taste Dancin’ On Our Tongues
~ wild beasts, 2009]

mixtape 16: o segredo das criptomérias

mixtape_catorze1

1. excerto de gente feliz com lágrimas
2. canção do medo ~ josé medeiros
3. tema de amor ~ luis gil bettencourt
4. espaço fechado ~ àguas de março
5. a serpente cega ~ minéla
6. menina das ilhas/requiem a um beijo ~ àguas de março
7. atlântico ~ susana coelho
8. canção do sustento ~ gente feliz com lagrimas*
9. no vapor da madrugada ~ rimanço
10. cantiga da terra ~ josé medeiros
11. torna viagem ~ josé medeiros
12. leviatã*
13. mare e natividade ~ anibal raposo & susana coelho
14. as cores do céu ~ luis alberto bettencourt
15. serei o teu destino ~ águas de março
16. canção de pedro f. ~ paulo andrade
17. amores imperfeitos*
18. milhafres ~ gente feliz com lágrimas*

18 músicas, 56.44min, 89.9mb [ouvir & download]

se fazer uma mixtape é  um trabalho de paciência na tentativa de contar uma história com as músicas escolhidas ou encontrar um padrão entre elas, fazer uma sobre as ilhas é, quase, tarefa impossível. a música que me é familiar e que tenho no meu mac, para além da tradicional, remonta às séries e telefilmes da rtp-açores; assim, na sua maioria, deixo-vos músicas de xailes negros, o barco e o sonho, mau tempo no canal e gente feliz com lágrimas.

[* em algumas músicas não tenho a certeza acerca de quem as interpreta, agradeço sugestões/correcções por mail.]

acordeão

moleskinej

caderno preto número dois. voltar ao início.

sobre a condição

existencia

# doze. caderno preto número dois.

Aquário

a solidão é um aquário sem peixes.
e só o vidro e só a água, a rolar olhos de peixe roído de morte.

– pág. 94. em cada pedra um voo imóvel, fiama hasse pais brandão.

a vida não é suficiente

ela: matou-se. não havia mais nada para fazer na vida.
ele 1: matou-se. como assim? suicidou-se?
ela: espetou-se com o carro.
ele 1: hum….
ele 2: é. há pessoas assim.
ela: e no dia em que fez anos.
ele 1: eh pá….

[…]

e continuaram. por-de-sol perfeito na casa de chá da boa nova, interrompido por estes adolescentes que insistiam em falar alto  (começo a sentir um generation gap, preocupante?) e por uma banda sonora terrível; evita, seguindo-se when a man loves a woman e por aí fora (devia ser proibido poluir o por-de-sol).

a madeixa de cabelo

madmen

glen: you have such a great hair.
betty: ohhh. don’t say that.
glen: like a princess.
(silence)
glen: may i have some.

ep.04 serie 1, mad men.


o universo

there is no big lie.
there is no system.
the universe is indifferent.

don drapper ~ ep. 08 serie 1, mad men.

também chove nos açores

tbchove

ponta delgada, s.miguel.
hoje à tarde.

do projecto climaat*

« Anteriores §