01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

arquivo do mês: [06, 2009]

I’m not crying

fotc1

fotc2

I’m not weeping because you won’t be here to hold my hand
For your information there’s an inflammation in my tear gland!

[flight of the conchords ~ i’m not crying –  ep1 sally]

priolo

priolo_acores

inacreditavelmente descobri estes selos com um ano de atraso.

groundhog day*

os dias são todos iguais;
estou fadado a viver repetidamente cada 24horas.

*groundhog day ~ harold ramis, 1993.

da vida, 2

se deus existir, estará a rir-se de nós.

[versão livre de ettington ~ ben folds ]

da vida

nancy_film

[downloading nancy ~ johan renck, 2008]

dúvidas

machinist_film

I know who you are. I know who you are. I know who you are.

[the machinist ~ brad anderson, 2004]

Enchemos os olhos de sonho?

Enchemo-los “de distância” no sentido em que, destes textos, jamais será possível fazer edição totalmente branca. De crítica a genética, conforme a especificidade do texto a editar, ela passará pela mediação de um editor, tensa corda levemente tocada por um arco humano, quiçá provisório, em que, ao contrário do Livro de Daniel, discreto mas efectivo fundamento bíblico hipotextual, nenhum voo rápido garantiu a tão certa presença do anjo Gabriel afirmando: “Daniel, vim neste momento aqui para te esclarecer”. Seja-nos permitido evocar para autor, editor e leitores as serenas palavras do anjo: “Muitos são purificados, aperfeiçoados e postos à prova. (…) Tu, vai até ao fim e repousarás; levantar-te-ás para (receber) a tua parte da herança”. Dos céus, quem sabe: de onde “fez cair para a terra muitas estrelas”.

Vera Vouga, sobre Daniel Faria em O livro de Joaquim.

estranho

é o sono que não te devolve.
Como é estrangeiro o sossego
de quem não espera recado.

daniel faria, explicação das árvores e de outros animais 1998

[10 anos depois da sua morte]

berlim & fotografia

devo ser das poucas pessoas sem uma máquina digital; a minha sony compact avariou há uns meses pelo que cada vez mais as minhas toy cameras assumem destaque.  a fisheye e a holga são sempre fieis. aproximam-se uma diana e uma lubitel que me fazem adiar a compra de uma digital por mais uns tempos (tenho o iphone que tira bons instantâneos).

– berlim ficou impresso em fisheye.

abulia

contribuí para a abstenção. longe do país, mantive a abulia política de sempre. a de um país sem líderes.

« Anteriores § Seguintes »