01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

ilha

não herdei de meu  pai – (perdoa-me, josé) – o gosto pela viagem que ele manteve hasteado na sua vida.
mas vou com ele que aprendi que o meu coração era uma ilha.

[Crónica 13, in 30 Crónicas de Emanuel Jorge Botelho 2009]

« § »