01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

arquivo do mês: [09, 2008]

cliché, 2

as memórias são tempos emprestados
para vivermos o amanhã.

[versão livre de everything is borrowed ~ the streets, 2008]

cliché, 1

cheguei sem nada
parto apenas com o teu amor, my lobe,
porque tudo o resto é emprestado.

[versão livre de everything is borrowed ~ the streets, 2008]

gaivotas

calaram-se. há dias que as gaivotas deixaram de visitar o meu terraço. os gritos agoniantes cessaram. do silêncio fica o imenso, apenas.

um encantamento

solidão e mar! palavras sublimes que exprimem duas ideias grandiosas: o dormir e o resfolgar da natureza. (…) e que solidão maior do que a do oceano?

à beira-mar é possível adivinhar os segredos da criação e ver por entre névoas os mistérios de um outro mundo. há maravilhas ditadas pela voz do formidável elemento.

[página 43, um encantamento ~ alma do povo micaelense, pde ernesto ferreira vfcampo]

o kit

de tanto ouvir falar, também vou querer um kit autonómico.

crime & castigo

há uma música dos deolinda que diz que a saudade mais do que um crime é um castigo.

antes que o diabo…

before.jpeg

The thing about real estate accounting is that you can, you can, add down the page or across the page and everything works out. Everyday, everything adds up. The, the total is always the sum of its parts. It’s, uh, clean. It’s clear. Neat, absolute. But my life, it, uh, it doesn’t add up. It, uh… Nothing connects to anything else. It’s, uh… I’m not, I’m not the sum of my parts. All my parts don’t add up to one… to one me, I guess.

[andy hanson em before devil knows you’re dead ~ sidney lumet, 2007]

doenças

perseguem as doenças estranhas. perseguem os doentes estranhos. quem tem uma doença estranha deixa de ser doente, entra na categoria do criminoso. ter uma doença normal significa que se obedeceu e se foi exacto nas funções. uma doença estranha revela uma falha: faltou-se à higiene ou à verdade

[página 136 ~ jerusalém, gonçalo m. tavares]

ouvir

ainda me ouves?
continuo: procuro até a luz permitir alcançar-te my lobe.

[versão livre de new country ~ the walkmen, 2008]

sobre a vida

urgente2.jpeg

urgente.jpeg

em cada um, a vida é mais urgente.

#dois. caderno preto numero dois.

« Anteriores § Seguintes »