01.ARQUIVOS | 02. LINKS | 03. CONTACTO

sem lua

deito-me numa noite escura, sem estrelas ou lua que iluminem o quarto.
ouço aquela mesma música de te ver partir entre a multidão.
ouço o silêncio negro do mar sem a lua.

fecho os olhos com força – até te sonhar.

[versão livre de half-moon ~ m.ward, 2005]

« § »